25/08/2016

New Drawing Art Supplies


Ontem partilhei no Instagram que tinha novos materiais de arte para partilhar.
Yesterday I shared on Instagram that I had new drawing supplies to share with you.


21/08/2016

Bites & Bits 33/52

"Our doubts are traitors, and make us lose the good we oft might win, by fearing to attempt." - William Shakespeare

O tempo entre acabar algo e o começo de outra pode ser mortal. Entre projectos e entre rotinas... É nessa altura que facilmente a(s) dúvida(s) arranjam uma maneira de se infiltrar. Não interessa quão boas são as coisas que fazemos, o medo de falhar acaba sempre por bater à porta. E qualquer acaba por nos incomodar. Até as coisas mais estúpidas vão incomodar e chatear para lá do normal. E tudo será a perfeita desculpa para afinal não começar.

Não gosto de escrever sobre falhanços, ou pensamentos mais negativos. O meu consciente sabe muito bem que ser freelancer ou trabalhador independente têm as suas lutas e dificuldades. Mas isso não me ajuda em nada quando tenho segundos pensamentos sobre o meu trabalho ou método. Eu sei que tudo pode sempre ser melhorado. Também sei que as dúvidas que me vão levar à melhorar tanto o trabalho como os métodos. Mas só daqui alguns meses (se tiver sorte) ou anos é que serei capaz de reconhecer o desenvolvimento e a melhora. Isso também não me ajuda quando começo a duvidar de mim mesma.

The time between finishing something and start another can be a killer. Between projects and between routines... That's when easily doubt(s) slide in. It doesn't matter how good things you do, but the fear of failure stets in anyway. Every single thing can (and probably will) upset you. Even the stupidest things (like leaving home to buy soup and the supermarket having not stock of it at all... or maybe someone that your talking with you is a little slower to understand you... and even catch someone on a lie) will disturb, upset and infuriate you beyond normal. And all will become good excuses to don't face a new beginning.

I don't like to write about failures, or more negative sort of thoughts. The conscious part of me knows very well that all freelancer or self-employed people suffer their struggles. But that doesn't help when I start to have second thoughts on my work or my method. I know all of it can be improved. I also know that self doubt will lead me to improvement. But only in a few months (if I'm lucky) or years I will be able to recognised that improvement and development. That doesn't help me either when I'm feeling self doubt.


Sabem qual é o passo mais difícil em tudo? O primeiro. É também o mais assustador.
Estou a na fase em que me estou a preparar para o primeiro passo. E estou cheia de medo de falhar. A parte mais ridícula é que nem estou a criar nada novo, é algo que já fiz várias vezes. Mas também já falhei várias e quase que tive um pequeno esgotamento (numa das vezes).
Um dos livros que estou a ler está a ajudar-me a re-focar no meu trabalho - Show your work do Austin Kleon (Irei falar deles brevemente). O livro está a recordar-me que estou no caminho certo e o que estou a fazer faz sentido. O outro está a ajudar-me a desligar-me da realidade a relaxar um pouco (mas não muito, porque é um livro de horror - o It do Stephen King).
Como é que vou (e já estou) a sair desta situação? Estou a tentar focar-me em pequenas partes e tarefas, ao mesmo tempo que dou o primeiro passo. Depois tudo será mais fácil.

Se estão curiosos, estou a falar das agendas 2017. Quero fazer algo novo, mas que mantenha o espírito Nuts for Paper. A maior luta têm sido as ilustrações para os separadores dos meses - vão ser um pequeno desafio, mas cada vez estou mais segura e confiante com as escolhas que estou a fazer.

E vocês, como é que lidam com o medo de falhar?

Do you know what's the hardest step in everything? The first one. It's also the scariest one too.
I'm on that stage where I'm about to do the first step. I'm scared of failing. And I'm not even creating something new, it's something that I've did before many times. But I also failed and almost burn out doing it (in one of the times).
One of the books I'm reading at the moment is helping on re-focus on my work - Show your work by Austin Kleon (I will talk about it as soon as I finished it). The book is reassuring me that what I'm doing is on the right track. The other one is helping shut down from reality and relax a little (but not too much because it's a horror book - It by Stephen King).
How will I move on of this situation(actually how I'm already moving forward)? By focusing on a smaller part of my next task and give the first step. After that everything else is always easier.

And if you're curious, the task is creating the 2017 planners. I want to make something new, but keeping the Nuts for Paper spirit. One of the struggling points is the illustrations for the months - I think they are going to be a little challenge, but more I thought about my decisions more secure and happy I am with them.

How do you cope with the fear of failure? 

19/08/2016

TAG: Fotografia

A Marta do blog Viver a Viajar lançou-me o desafio de responder a esta Tag.
E como hoje foi o Dia Mundial da fotografia achei que era o dia ideal para o fazer!

Madrid 2013

17/08/2016

Little Mouse | Sketchbook

Pequeno desenho feito a tinta no meu diário gráfico.
Little Sketch done in ink in my sketchbook.

Listen to Audiobooks

Há dois anos atrás descobri os livros audio. Inicialmente achei que não era algo que iria gostar de experimentar. Eu gosto de ler livros físicos, e normalmente até leio muito rápido. Por isso não fazia muito sentido ouvir em vez de ler. Mas tinha curiosidade para experimentar.


Já estava habituada a ouvir as séries e filmes em inglês. Por isso achei que não iria ser muito difícil fazer a transição para este formato de livros. Por outro lado achei que era melhor por começar com livros com um inglês mais fácil e mais do dia a dia.

Comecei por ouvir uma série escrita por Jim Butcher - Dresden Files. Gostei imenso da fluidez da história, e como gostei da experiência comecei a apostar noutros livros. Desta série li do 1º ao 7º livro - 1) Storm Front; 2) Fool Moon; 3) Grave Peril; 4) Summer Knight; 5) Death Masks; 6) Blood Rites; 7) Dead Beat.

Ao continuar mantive a escolha em livros com uma linguagem simples:
- Os Reinos do Norte (Northern Lights) de Philip Pullman. (a versão que ouvi era dramatizada, o que significa que cada personagem tinha a sua própria voz, e que um ou mais actores faziam as vozes de várias personagens. Foi quase como ver um filme, mas sem imagens). Apaixonei-me pela história novamente e acabei por procurar os outros dois livros da série - o que me levou a encontrar alguns dos livros mais bonitos das minhas prateleiras.
- Da série A Series of Unfortunate Events escrita por Lemony Snicket ouvir o primeiro - The Bad Beginning e o segundo The Reptile Room. São livros infanto-juvenis que li inicialmente quando foram publicados em Portugal. Mas a publicação dos livros demorou tanto que acabei por não os ler todos na altura.
- Depois decidi experimentar uma das autoras que já li bastantes livros - Nora Roberts, mas a ler os livros que ela escreveu sobre o pseudónimo J. D. Robb. A série chama-se In Death (em Portugal está a ser publicada pela Saída de Emergência). Os livros passam-se à volta de uma detective da polícia de Nova York no futuro. Já tinha tentado ler esta série mas não tinha ficado muito entusiasmada. Gostei mais com a versão audio. Ouvi os três primeiros livros - Naked in death, Glory in Death e Immortal in Death.

Depois comecei a experimentar outros livros:
- Comecei outra série - Chronicles of Nick da Sherrilyn Kenyon com o livro Infinity. (não continuei com a série porque está ligada a outra que a autora escreveu e têm spoilers).
- Acabei o livro The Bourne Identity (o primeiro da série sobre Jason Bourne) escrita por Robert Ludlum. O livro e a versão audio do livro são melhores que o filme (apesar de ter gostado do filme ainda antes de começar a ler a série).
- Experimentei um género diferente - suspense - com o livro The Cove (da série FBI thrillers) escrito pela Catherine Coulter.

Durante o final do ano passado ouvi a trilogia d' O Senhor dos Anéis escrito por J. R. R. Tolkien (que são perto de 50 horas de audio). Foi a primeira vez que experimentei ler/ouvir a trilogia em inglês e gostei muito mais do que ler em português.

Este ano ouvi The Gunslinger (o primeiro livro da série The Dark Tower) do Stephen King. E voltei a ouvir O Senhor dos Anéis.

O que é que aprendi a ler livros áudio?
Aprendi que o meu melhor método de aprendizagem foi sempre através da escuta. Mas, tinha que estar a fazer outra coisa ao mesmo tempo. Podia ser tirar notas, desenhar ou qualquer outra actividade que pudesse dividir as atenções em dois.
Todos estes livros que ouvi foram ouvidos enquanto trabalhava - a criar desenhos, gráficos, ilustrações, as agendas, etc. Ajudam-me a manter-me focada no que estou a fazer.
Porque é que são mais efectivos do que música, séries, filmes ou até videos no Youtube? Porque não tenho que interromper o que estou a fazer para mudar, ou não tenho a necessidade/curiosidade de ver as imagens. Consigo trabalhar mais horas seguidas, sem interrupções, focada no que estou a fazer e a ler ao mesmo tempo.
Não é um método para qualquer pessoa. Há pessoas que só conseguem ouvir este tipo de livros enquanto fazem desporto ou enquanto viajam para os seus trabalhos/escola. Para mim tornou-se num dos melhores métodos para me manter concentrada enquanto trabalho.
E vocês? Qual é a vossa experiência com livros audio?

Two years ago I discovered about audiobooks. For awhile I thought it wasn't a thing I would enjoy. I like to read physical books, and usually I read fast, it didn't make much sense to me to listen, instead of reading. But I was curious to try anyway.

I was already been listening to a lot a series and films only in English. So I thought I was used to listen English speaking people. But I also knew that the first books that I choose would have to be easy to listening. 

I started to listen a series called Dresden Files written by Jim Butcher. I really enjoy the reading. From this series I listen to:
1) Storm Front; 2) Fool Moon; 3) Grave Peril; 4) Summer Knight; 5) Death Masks; 6) Blood Rites; 7) Dead Beat.

To keep with what I considered simple books I read:
- Northern Lights by Philip Pullman (it was one of the only ones that I listening that were dramatized, which means that each character had his own voice. It was almost like a film, but without images). I fell in love with this story again which make me start to look for the other books in the series - which led me to some of the most beautiful books in my shelves.
- From "A Series of Unfortunate Events" by Lemony Snicket I listened to the first The Bad Beginning and the second The Reptile Room. This is a middle grade book, I started to read it when I was a child and they were first published in Portugal. But the books took so much time to be published that I end up not keep reading them.
- I also tried one of my most read authors - Nora Roberts, but with the pseudonym J. D. Robb. The series is called In Death and it's about a detective of the New York PD in the future. I had tried to read it in the past but for some reason wasn't getting too much into the story. But with the audio version I enjoy it more. I listened to the three first books of the series - Naked in death, Glory in death and Immortal in Death.

Then I tried to branch out and start to try other books:
- I started the series Chronicles of Nick by Sherrilyn Kenyon with the book Infinity. (I didn't continued it yet because the series have spoilers to other series writing by the author, so I have to read those other books first).
- I finished to read The Bourne Identity (the first one in the series about Jason Bourne) written by Robert Ludlum. I can tell you that the book and even the audio version are better than the movie (and I liked the movie before I started to read the books).
- I try a different genre - thrillers - with the book The Cove (from the series FBI thrillers) written by Catherine Coulter. 

Last year I listened to the whole trilogy of The Lord of the Rings written by J. R. R. Tolkien. (which is more or less 50 hours). It was the first time that listened/read this trilogy in English and liked way more than in Portuguese. 

This year I listened to The Gunslinger (the first book from the series The Dark Tower) by Stephen King. And I listened again to The Lord of the Rings.

What I learned by listening to these audibooks?
- I learned that my best learning method has always been through audio or by listening to someone explaining or telling something. But, I always had to be doing something else at the same time. It could be taking notes, drawing or making something that I was able to split my attention in two.
I listened to all these books while I was working at the computer - creating graphics, drawings, illustrating, creating planners, etc. They help me focus on what I'm doing. 
Why are they more efective than music, TV-shows, films or even Youtube videos? Because I don't have to stop to change them, or get curious to see the images. I can work for many hours straight, focused on what I'm doing and while I'm reading at the same time.
I know it's a method that won't work with everyone, some people listen to these kind of books while they exercise, or when they commute to their jobs/school. To me this the best method to keep concentrate while draw and designing.
What's your experience with audibooks? 

14/08/2016

Bites & Bits 29-32/52

Quatro semanas sem novidades! Quase um mês de silêncio.
Foram umas quatro semanas intensas. Como não me lembrei de fotografar nada durante este tempo, desenhei algumas das coisas mais importantes que fiz.
Primeira coisa que fiz foi desenhar bastante! (sempre perto duma ventoinha, porque este calor está doido!).

Four weeks with no updates! Pretty much a month of silence. 
It was a very intensive four weeks. Since I didn't remember to photograph anything during this time, I draw some of the most important things that I did.
1st was draw a lot! (while being always near a fan because the weather is crazy hot)
A maioria do meu tempo foi passado em frente ao computador a acabar o projecto secreto que falei. Eu espero que no final de Setembro ou no início de Outubro vos possa dizer e contar o que andei a fazer! Tudo isto enquanto lia/ouvia a versão audio (em inglês) d'O Senhor dos Anéis.

Most of the time was actually spent in front the computer finishing the secret project. I hope that in the end of September or beginning of October I can tell and show you what it was.
All this while listening to the audiobook version of The Lord of the Rings.

O sono não foi muito, mas alguns dias tive mesmo que dormir uma ou duas sestas para conseguir continuar.
The sleep wasn't that much, but some days I took a nap or two to keep me going.
Desde que começou os Jogos Olímpicos que estou um colada à televisão a ver. Especialmente os meus desportos preferidos - Ginástica Artística e Atletismo. E alguns dias quase que estraguei o meu padrão de dormir devido às horas que as provas são transmitidas.

Since it began that I've been hooked to the Olympics. My favourite sports are Artistic Gymnastics and Athletics. I almost messed up my sleeping pattern again just because of the hours that the Olympics are being broadcast. 
No final desta semana tirei algum tempo para descansar e começar a preparar-me para voltar à normalidade. Tirei algum tempo para dar uma volta ao meu roupeiro e fiz uma limpeza gigante. Livrei-me de metade do que tinha. A maioria das coisas não usava há anos e provavelmente nunca mais as ia usar. Doei tudo. (excepto algumas peças que estavam demasiado velhas ou usadas e que foram para o lixo).

O que é que andaram a fazer nas últimas semanas? E o que acharam dos desenhos neste tipo de posts? Preferem fotos ou desenhos?

In the end of this week I took some time to rest and start to preparing to get back to normal. I also took the chance to rummage my wardrobe and did some major cleaning. I got rid at least half of my wardrobe. Most of things were things that I didn't use for years, and probably wouldn't use anymore. I donate it all. (except a few pieces that were too old or damaged that went to the garbage). 

What have you been doing these past weeks? And what do you think of this new way of portraying my time? Do you prefer the photos or the drawings?

04/08/2016

Hardcover 2017 Planners


Muitos de vocês têm-me perguntado pelas agendas de capa dura Nuts for Paper, e posso agora adiantar que elas estão de volta para o ano de 2017!
Durante o mês de Agosto vou fazer uma pré-venda (mas mais informações no final do post).

Many of you have been wandering about the Nuts for Paper Hardcover planners, and I'm happy to announce that they will be back with the 2017 year!
They will go on pre-sale during August. (check the end of the post for more information).

03/08/2016

July Favourites | Sketchbook

1. Leitura conjunta com a Dora do canal "Books and Movies" no Youtube.
Foi a minha primeira leitura conjunto e o livro foi o The Ice Twins do qual gostei bastante. (mais sobre o livro nas leituras de Junho). Ok, confesso o canal da Dora é também um dos favoritos do mês. Gostam de livros e cinema? Então não podem mesmo perder o canal da Dora.

2. Canal do Youtube do Casey Neistat.
Se gostavam de conhecer Nova Iorque, maravilhem-se com os vlogs que ele faz e com as filmagens sobre a cidade usando drones.

3. The Mist by Stephen King
Achei que não ia gostar muito deste livro. Mas fui surpreendida mais uma vez pela imaginação e palavras do autor. É fantástico como ele consegue através do terror e situações de tensão representar personagens e pessoas que parecem tão reais.

4. Horns by Joe Hill
Comecei a lê-lo o ano passado, mas depois parei. Não estava à espera do final. Gostei da escrita do autor e fiquei com vontade de ler outros livros escritos por ele.

5. Journey to the Centre of the Earth by Jules Verne
Há 10 anos atrás dizia que (provavelmente) nunca iria ler nada deste autor. Este ano comecei por este e gostei muito mais do que estava à espera. O que só comprova que há alturas certas para ler certos livros. Esta foi a altura certa para começar a ler Jules Verne. (E já estou a pensar qual será o próximo - 20.000 léguas submarinas ou Volta ao mundo em 80 dias).

6. Quase quase a acabar um projecto secreto!

7. Ventoinhas
Simplesmente porque não sou grande fã de calor.

8. Voltar a ler/ouvir O Senhor dos Anéis (sim, o livro) enquanto trabalho.
De momento livros audio ajudam-me a manter concentrada no trabalho que estou a fazer, mais do que música.

02/08/2016

July Reads


Tenho lido imenso, motivada pelas maratonas de leitura. Até começo a achar que vou conseguir cumprir todos os desafios de ambas as maratonas!
E vocês o que andaram a ler?

I have been reading a lot, mainly because I'm motivated by the summer reading marathons. At this point I'm even thinking that it might be possible to do all the reading challenges!
What about you, what were you reading during July?