17/08/2016

Listen to Audiobooks

Há dois anos atrás descobri os livros audio. Inicialmente achei que não era algo que iria gostar de experimentar. Eu gosto de ler livros físicos, e normalmente até leio muito rápido. Por isso não fazia muito sentido ouvir em vez de ler. Mas tinha curiosidade para experimentar.


Já estava habituada a ouvir as séries e filmes em inglês. Por isso achei que não iria ser muito difícil fazer a transição para este formato de livros. Por outro lado achei que era melhor por começar com livros com um inglês mais fácil e mais do dia a dia.

Comecei por ouvir uma série escrita por Jim Butcher - Dresden Files. Gostei imenso da fluidez da história, e como gostei da experiência comecei a apostar noutros livros. Desta série li do 1º ao 7º livro - 1) Storm Front; 2) Fool Moon; 3) Grave Peril; 4) Summer Knight; 5) Death Masks; 6) Blood Rites; 7) Dead Beat.

Ao continuar mantive a escolha em livros com uma linguagem simples:
- Os Reinos do Norte (Northern Lights) de Philip Pullman. (a versão que ouvi era dramatizada, o que significa que cada personagem tinha a sua própria voz, e que um ou mais actores faziam as vozes de várias personagens. Foi quase como ver um filme, mas sem imagens). Apaixonei-me pela história novamente e acabei por procurar os outros dois livros da série - o que me levou a encontrar alguns dos livros mais bonitos das minhas prateleiras.
- Da série A Series of Unfortunate Events escrita por Lemony Snicket ouvir o primeiro - The Bad Beginning e o segundo The Reptile Room. São livros infanto-juvenis que li inicialmente quando foram publicados em Portugal. Mas a publicação dos livros demorou tanto que acabei por não os ler todos na altura.
- Depois decidi experimentar uma das autoras que já li bastantes livros - Nora Roberts, mas a ler os livros que ela escreveu sobre o pseudónimo J. D. Robb. A série chama-se In Death (em Portugal está a ser publicada pela Saída de Emergência). Os livros passam-se à volta de uma detective da polícia de Nova York no futuro. Já tinha tentado ler esta série mas não tinha ficado muito entusiasmada. Gostei mais com a versão audio. Ouvi os três primeiros livros - Naked in death, Glory in Death e Immortal in Death.

Depois comecei a experimentar outros livros:
- Comecei outra série - Chronicles of Nick da Sherrilyn Kenyon com o livro Infinity. (não continuei com a série porque está ligada a outra que a autora escreveu e têm spoilers).
- Acabei o livro The Bourne Identity (o primeiro da série sobre Jason Bourne) escrita por Robert Ludlum. O livro e a versão audio do livro são melhores que o filme (apesar de ter gostado do filme ainda antes de começar a ler a série).
- Experimentei um género diferente - suspense - com o livro The Cove (da série FBI thrillers) escrito pela Catherine Coulter.

Durante o final do ano passado ouvi a trilogia d' O Senhor dos Anéis escrito por J. R. R. Tolkien (que são perto de 50 horas de audio). Foi a primeira vez que experimentei ler/ouvir a trilogia em inglês e gostei muito mais do que ler em português.

Este ano ouvi The Gunslinger (o primeiro livro da série The Dark Tower) do Stephen King. E voltei a ouvir O Senhor dos Anéis.

O que é que aprendi a ler livros áudio?
Aprendi que o meu melhor método de aprendizagem foi sempre através da escuta. Mas, tinha que estar a fazer outra coisa ao mesmo tempo. Podia ser tirar notas, desenhar ou qualquer outra actividade que pudesse dividir as atenções em dois.
Todos estes livros que ouvi foram ouvidos enquanto trabalhava - a criar desenhos, gráficos, ilustrações, as agendas, etc. Ajudam-me a manter-me focada no que estou a fazer.
Porque é que são mais efectivos do que música, séries, filmes ou até videos no Youtube? Porque não tenho que interromper o que estou a fazer para mudar, ou não tenho a necessidade/curiosidade de ver as imagens. Consigo trabalhar mais horas seguidas, sem interrupções, focada no que estou a fazer e a ler ao mesmo tempo.
Não é um método para qualquer pessoa. Há pessoas que só conseguem ouvir este tipo de livros enquanto fazem desporto ou enquanto viajam para os seus trabalhos/escola. Para mim tornou-se num dos melhores métodos para me manter concentrada enquanto trabalho.
E vocês? Qual é a vossa experiência com livros audio?

Two years ago I discovered about audiobooks. For awhile I thought it wasn't a thing I would enjoy. I like to read physical books, and usually I read fast, it didn't make much sense to me to listen, instead of reading. But I was curious to try anyway.

I was already been listening to a lot a series and films only in English. So I thought I was used to listen English speaking people. But I also knew that the first books that I choose would have to be easy to listening. 

I started to listen a series called Dresden Files written by Jim Butcher. I really enjoy the reading. From this series I listen to:
1) Storm Front; 2) Fool Moon; 3) Grave Peril; 4) Summer Knight; 5) Death Masks; 6) Blood Rites; 7) Dead Beat.

To keep with what I considered simple books I read:
- Northern Lights by Philip Pullman (it was one of the only ones that I listening that were dramatized, which means that each character had his own voice. It was almost like a film, but without images). I fell in love with this story again which make me start to look for the other books in the series - which led me to some of the most beautiful books in my shelves.
- From "A Series of Unfortunate Events" by Lemony Snicket I listened to the first The Bad Beginning and the second The Reptile Room. This is a middle grade book, I started to read it when I was a child and they were first published in Portugal. But the books took so much time to be published that I end up not keep reading them.
- I also tried one of my most read authors - Nora Roberts, but with the pseudonym J. D. Robb. The series is called In Death and it's about a detective of the New York PD in the future. I had tried to read it in the past but for some reason wasn't getting too much into the story. But with the audio version I enjoy it more. I listened to the three first books of the series - Naked in death, Glory in death and Immortal in Death.

Then I tried to branch out and start to try other books:
- I started the series Chronicles of Nick by Sherrilyn Kenyon with the book Infinity. (I didn't continued it yet because the series have spoilers to other series writing by the author, so I have to read those other books first).
- I finished to read The Bourne Identity (the first one in the series about Jason Bourne) written by Robert Ludlum. I can tell you that the book and even the audio version are better than the movie (and I liked the movie before I started to read the books).
- I try a different genre - thrillers - with the book The Cove (from the series FBI thrillers) written by Catherine Coulter. 

Last year I listened to the whole trilogy of The Lord of the Rings written by J. R. R. Tolkien. (which is more or less 50 hours). It was the first time that listened/read this trilogy in English and liked way more than in Portuguese. 

This year I listened to The Gunslinger (the first book from the series The Dark Tower) by Stephen King. And I listened again to The Lord of the Rings.

What I learned by listening to these audibooks?
- I learned that my best learning method has always been through audio or by listening to someone explaining or telling something. But, I always had to be doing something else at the same time. It could be taking notes, drawing or making something that I was able to split my attention in two.
I listened to all these books while I was working at the computer - creating graphics, drawings, illustrating, creating planners, etc. They help me focus on what I'm doing. 
Why are they more efective than music, TV-shows, films or even Youtube videos? Because I don't have to stop to change them, or get curious to see the images. I can work for many hours straight, focused on what I'm doing and while I'm reading at the same time.
I know it's a method that won't work with everyone, some people listen to these kind of books while they exercise, or when they commute to their jobs/school. To me this the best method to keep concentrate while draw and designing.
What's your experience with audibooks? 

3 comentários:

  1. A primeira vez que ouvi falar em áudio books foi nos EUA pois os meus amigos faziam cinco dias do oeste para este e assim iam se entretendo. Eu simplesmente não consigo, o meu grau de distração é semelhante ao da dory então não oico nada a partir do minuto 10 :P
    Nem sei como consegues escutar livros e ainda trabalhar!!!

    ResponderEliminar
  2. Por acaso isto é algo que sempre tive curiosidade e nunca experimentei. Por outro lado, como trabalho com palavras e números (lol) não sei se me iria conseguir concentrar - e para os tempos livres, prefiro mesmo os meus livros a sério :p

    Jiji

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário // Leave us a comment